Instituto Superior Técnico

Área de Transferência de Tecnologia do IST

Sessões de 2016

Sessão 1: PROPRIEDADE INDUSTRIAL, O QUE É?

A sessão tem por objetivo identificar os conceitos gerais da Propriedade Industrial, identificar o que é e o que não é patenteável, e quais os critérios de patenteabilidade para que uma invenção seja objeto de patente. Devem igualmente ter conhecimento de como formalizar um pedido de patente junto do INPI e conhecer o WORKFLOW a nível nacional. É ainda transmitida uma primeira abordagem às vias europeias e internacional, devendo os formandos no final ser capazes de identificar as principais particularidades destas duas vias.

Programa:

  1. Propriedade Industrial
  2. Invenções
  3. Critérios de patenteabilidade
  4. Vias de proteção
    1. Nacional
    2. Europeia
    3. Internacional

Sessão 2: O QUE DEVE TER UMA INVENÇÃO PARA SER PATENTEÁVEL?

A sessão tem por objetivo identificar os conceitos gerais relativos aos requisitos de patenteabilidade necessários à concessão de pedidos de patente e de modelos de utilidade, bem como as diferenças entre patente e modelo de utilidade face aos requisitos de patenteabilidade. Serão também apresentados e possíveis motivos de recusa com base nestes requisitos.

Programa:

  1. Conceito de invenção
  2. Conceito de patente e modelo de utilidade
  3. Critérios de patenteabilidade
  4. Definição e Exemplos de Novidade
  5. Definição e Exemplos de Atividade Inventiva
  6. Diferença entre patente e modelo de utilidade
  7. Conceito de “evidente” e perito na especialidade
  8. Abordagem Problema – Solução
  9. Definição e Exemplos de Aplicação Industrial

Sessão 3: PESQUISA NO ESPACENET

A sessão tem por objetivo dar a conhecer a ferramenta de pesquisas de patentes, ESPACENET, e compreender a importância desta ferramenta para analisar o estado da técnica, quer para efeitos de apresentação de pedido de patente, quer para investigação.

Programa:

  1. Importância da pesquisa de patentes
  2. ESP@CENET
  3. Operadores de pesquisa
  4. Campos de pesquisa
  5. Classificação
  6. Pesquisa e visualização de resultados
  7. Exportação de dados para o Excel
  8. Exercícios práticos

Sessão 4: PRINCIPAIS ERROS DO INVENTOR

A sessão tem por objetivo alertar para os principais erros que devem ser evitados quando se tem uma invenção e se pretende obter a proteção por patente.

Programa:

  1. Divulgar a invenção antes de fazer o pedido
  2. Comercializar a invenção antes de patenteá-la
  3. A invenção não ser nova
  4. Não considerar o problema técnico
  5. Não respeitar os prazos de Prioridade
  6. Ninguém querer a invenção
  7. Não submeter o pedido na altura certa
  8. Não divulgar toda a matéria da invenção no pedido
  9. Patentear as invenções erradas
  10. Não patentear a invenção e mantê-la em segredo
  11. Não ter uma ideia realística do valor da invenção