Instituto Superior Técnico

Área de Transferência de Tecnologia do IST

Prémios de Mérito a Alunos

A atribuição de prémios de mérito aos alunos do IST é um sinal de que a Escola valoriza a excelência e de que incentiva todos os alunos a procurá-la. Estes prémios têm normalmente associados nomes de antigos professores ou alunos que se destacaram na área em que o prémio é atribuído e que são desta forma recordados às actuais gerações.

Tem havido interesse por parte de empresas em apoiarem financeiramente prémios de mérito académico em áreas e com critérios relevantes para a sua atividade. Este apoio permite à empresa fomentar a excelência dos futuros profissionais graduados pelo IST.

Este regulamento tem como objetivo definir as condições em que os apoios aos prémios de mérito académico podem ser efetuados. Para além dos aspectos relacionados com as condições do apoio, dos procedimentos contratuais e da confidencialidade, o regulamento define também valores mínimos para os prémios de mérito com o objectivo de lhes dar a relevância pretendida. Estes valores são definidos com base no indexante dos apoios sociais (IAS) que a Lei do Orçamento de Estado para 2011 fixou em 419,22 euros. Este indexante é também usado para definir o montante abaixo do qual os prémios científicos que são isentos de IRS.

Regulamento para o Apoio a Prémios de Mérito a Alunos e Graduados do IST

Aprovado em Reunião do Conselho de Gestão do IST
24 de fevereiro de 2011

Alterado em Reunião do Conselho de Gestão do IST
28 de março de 2013

Alterado em Reunião do Conselho de Gestão do IST
24 de março de 2016

Alterado em Reunião do Conselho de Gestão do IST
9 de fevereiro de 2017

Artigo 1º: Objeto

  1. Este Regulamento visa definir as condições de apoio a prémios de mérito a alunos e graduados no Instituto Superior Técnico (IST).
  2. O apoio ao prémio é estabelecido mediante um acordo explicitamente assinado com esse fim entre o IST e a entidade mecenas, doravante designada por MECENAS, e que terá uma duração mínima de 2 anos.
  3. No acordo referido no ponto anterior constará obrigatoriamente: o nome do prémio de mérito a atribuir e o seu montante, a referência à regras e condições de atribuição do prémio, a obrigação de confidencialidade e o valor e as condições de pagamento do MECENAS ao IST.
  4. Sendo o IST uma escola de Engenharia, Arquitetura, Ciência e Tecnologia, estes prémios de mérito devem ser considerados como prémios académicos e tratados como tal, tanto no processo de atribuição como na sua forma de tributação, não podendo envolver a cedência, temporária ou definitiva, de direitos de autor ou de propriedade industrial.
  5. Os prémios de mérito serão atribuídos a um ou mais alunos ou graduados, doravante designados por BENEFICIÁRIOS, mediante seleção por um júri constituído para o efeito.
  6. Cada um dos BENEFICIÁRIOS de um prémio de mérito académico receberá um diploma referente a essa distinção assinado pelo Presidente do IST e pelo MECENAS, se este o desejar, e um prémio monetário que variará em função da distinção.

Artigo 2º: Nome do Prémio

  1. Sempre que o MECENAS pretender que o nome do prémio de mérito inclua o nome ou a referência a uma pessoa coletiva, como uma empresa ou organização, aplicam-se as condições referidas como PRÉMIO-PESSOA-COLETIVA.
  2. Se o nome do prémio de mérito académico não envolver referências a uma pessoa coletiva, aplicam-se as condições referidas como PRÉMIO-PESSOA-SINGULAR.
  3. O nome do prémio não poderá incluir referência a mais do que uma pessoa coletiva.

Artigo 3º: Condições de Apoio

  1. A importância a pagar ao IST pelo MECENAS pelo apoio a um prémio de mérito terá as seguintes componentes:
    1. O valor do prémio monetário a atribuir aos BENEFICIÁRIOS.
    2. Uma doação para a melhoria da qualidade do ensino no IST.
    3. Pagamento de parte dos custos associados ao processo de atribuição do prémio.
  2. O valor do prémio monetário será definido no acordo entre o MECENAS e o IST e variará de acordo com a importância da distinção e do universo dos potenciais candidatos.
  3. Para assegurar a dignidade do prémio e a distinção do BENEFICIÁRIO, os valores do prémio monetário deverão ser iguais ou superiores a:
    • cinco vezes o indexante dos apoios sociais (IAS) em vigor para prémios de melhor aluno de um Curso;
    • quatro vezes o IAS em vigor para prémios de melhor Dissertação ou Tese;
    • três vezes o IAS em vigor para prémios de mérito em Unidades Curriculares.
  4. No caso do PRÉMIO-PESSOA-COLETIVA, a doação para a melhoria da qualidade de ensino deverá ter um valor igual ou superior a 2/3 do prémio monetário a atribuir aos BENEFICIÁRIOS e competirá ao MECENAS indicar as condições em que poderá ser usado.
  5. No caso do PRÉMIO-PESSOA-SINGULAR, a doação para a melhoria da qualidade de ensino é opcional.
  6. Mediante a aprovação do IST, a doação para a melhoria da qualidade de ensino poderá ser valorizada em géneros doados pelo MECENAS ao IST, nomeadamente em equipamentos ou outros bens.
  7. No caso de a doação ser efetuada em dinheiro, e a pedido do MECENAS, o IST poderá reconhecer que essa doação se encontra ao abrigo do Estatuto de Mecenato Educativo.
  8. A contribuição do MECENAS para os custos relativos à organização do processo de seleção dos BENEFICIÁRIOS, à divulgação do prémio de mérito e à organização da cerimónia de atribuição deverá ter um valor igual ou superior a 1/3 do prémio monetário.
  9. Os pagamentos e as doações a que o MECENAS se compromete deverão ser totalmente realizados até 30 dias antes do primeiro ato relacionado com o prémio que é apoiado.
  10. Mediante solicitação, e por razões devidamente justificadas, o Presidente do IST poderá autorizar prémios de mérito com condições de apoio específicas.

Artigo 4º: Regras e Condições Específicas para a Atribuição do Prémio de Mérito Académico

  1. O documento com as regras e condições específicas para a atribuição do prémio de mérito académico terá obrigatoriamente de definir:
    1. A quem se destina.
    2. A forma e condições de candidatura ao prémio.
    3. A constituição e forma de nomeação do júri.
    4. Os critérios para a seleção dos BENEFICIÁRIOS.
  2. Aceitam-se condições de candidatura que não exijam ação por parte dos candidatos.
  3. O júri terá obrigatoriamente de incluir mais do que um docente do IST, de modo a que estes disponham da maioria dos votos.
  4. Os custos relacionados com a mão-de-obra dos docentes do IST referidos no ponto anterior serão suportados pelo IST.

Artigo 5º: Divulgação e Cerimónia de Atribuição do Prémio

  1. O IST fará a divulgação do prémio e da respetiva cerimónia de atribuição pelos seus canais habituais, fazendo referência ao MECENAS se para tal for autorizado.
  2. O MECENAS poderá fazer a divulgação do prémio desde que inclua as necessárias referências ao IST e obtenha a aprovação deste para os materiais promocionais que utilizar.
  3. Os prémios de mérito académico referidos no presente Regulamento serão entregues numa cerimónia pública que terá de decorrer obrigatoriamente nas instalações do IST.
  4. A cerimónia pública terá a presença do Presidente do IST ou de um seu representante, bem como de um representante do MECENAS.

Artigo 6º: Confidencialidade

  1. O MECENAS e as pessoas por ele nomeadas que tenham acesso a informação pessoal e académica dos alunos do IST obrigam-se a manter a sua confidencialidade e comprometem-se a utilizá-la exclusivamente para o processo de seleção dos BENEFICIÁRIOS.
  2. Salvo acordo em contrário, a obrigação de confidencialidade do ponto anterior inclui também as informações relativas aos BENEFICIÁRIOS.
  3. No caso do PRÉMIO-PESSOA-COLETIVA, o MECENAS poderá solicitar o acesso a uma listagem com os dados para recrutamento dos candidatos que tenham autorizado essa divulgação desde que aceite as condições de utilização da referida informação.

Artigo 7º: Disposições Finais

  1. O IST reserva-se o direito de cancelar a atribuição de um prémio mérito de forma temporária ou definitiva e em qualquer altura.
  2. O IST devolverá ao MECENAS as quantias que lhe foram entregues referentes a prémios que não foram atribuídos em função da utilização do direito referido no número anterior, exceto se forem imputadas ao MECENAS as causas desse cancelamento.

Acordo para Apoio a Prémio de Mérito

O acordo com a entidade que pretende apoiar o prémio de mérito a alunos ou graduados do IST poderá seguir o seguinte modelo:

Contactos

Os apoios aos prémios de mérito são coordenados pelo Núcleo de Parcerias Empresariais do IST. Qualquer contacto relativo a este assunto poderá ser dirigido para:

Dr.ª Sandra Godinho Borges

Núcleo de Parcerias Empresariais do IST

E-mail: pe@tecnico.ulisboa.pt

Telefone: 218 419 965